Por Julinho Bittencourt
Arte: Guilherme Almeida
Fotos: Divulgação

40 Anos sem Elis Regina

Elis Regina gravou seu primeiro LP aos 16 anos. Era um álbum de rock que se chamava “Viva a Brotolândia”, de 1961, uma tentativa de transformar a jovem cantora gaúcha na nova Cely Campello

A cantora lançou outros três LPs sem alcançar sucesso: “Poema de Amor” (1962), “Elis Regina” (1963) e “O Bem do Amor” (1963). Em todos havia ainda uma certa procura por uma personalidade própria

Ela nunca escondeu a sua influência: a cantora Ângela Maria. Ao contrário de suas colegas de geração, impregnadas pelo canto intimista da Bossa Nova, Elis cantava pra fora, com drama e extensão vocal

Elis foi a primeira grande artista a ser revelada pela era dos festivais. O sucesso chegou com sua interpretação para a canção “Arrastão”, de Edu Lobo e Vinícius de Moraes, no festival da TV Excelsior, em 1965

Com o sucesso no festival, Elis passou a apresentar, ao lado de Jair Rodrigues, o programa O Fino da Bossa, na TV Record, considerado um dos musicais mais importantes da época, com direção da Walter Silva

Em 1967, ela se casou com o compositor e produtor Ronaldo Bôscoli, então diretor do Fino da Bossa, com quem teve seu primeiro filho, o também produtor musical João Marcelo Bôscoli

Logo após o término do seu relacionamento com Bôscoli, ela se casou com o pianista César Camargo Mariano, em 1972. Com ele, ela lançou alguns dos maiores e melhores álbuns da nossa música

Uma das maiores facetas de Elis foi descobrir e lançar novos talentos. Graças a ela, chegaram ao estrelato compositores como Milton Nascimento, Ivan Lins, Belchior, Renato Teixeira, Aldir Blanc e João Bosco

Elis Regina foi a primeira pessoa a inscrever a sua voz como um instrumento na Ordem dos Músicos do Brasil. Foi eleita em 2013, a melhor voz feminina da música brasileira pela revista Rolling Stone

Elis Regina nos deixou há 40 anos, no dia 19 de janeiro de 1982, em consequência de uma parada cardíaca provocada por consumo de cocaína e álcool. Sua filha, Maria Rita, é hoje uma das maiores cantoras brasileiras