Opinião

A globalização sobreviverá à guerra?

Por Emir Sader
Emir Sader é sociólogo, cientista político e atuou como professor da USP, Unicamp, Uerj e como pesquisador do Centro de Estudos Socioeconômicos da Universidad de Chile, além de autor de várias obras sobre o tema.
Opinião

Deep State e Grande Reset Global fazem hipernormalização da guerra na Ucrânia

Por Wilson Ferreira
Mestre em Comunição Contemporânea (Análises em Imagem e Som). Jornalista e professor na Universidade Anhembi Morumbi nas áreas de Estudos da Semiótica e Linguagem Audiovisual. Pesquisador e escritor, co-autor do "Dicionário de Comunicação" pela editora Paulus, organizado pelo Prof. Dr. Ciro Marcondes Filho e autor dos livros "O Caos Semiótico" e "Cinegnose – a recorrência de elementos gnósticos na produção cinematográfica" pela Editora Livrus.
Opinião

O Brasil e a guerra na Ucrânia

Por Paulo Nogueira Batista Jr
Titular da cátedra Celso Furtado do Colégio de Altos Estudos da UFRJ. Foi vice-presidente do Novo Banco de Desenvolvimento, estabelecido pelos BRICS em Xangai, de 2015 a 2017, e diretor executivo no FMI pelo Brasil e mais dez países em Washington, de 2007 a 2015. Lançou no final de 2019, pela editora LeYa, o livro O Brasil não cabe no quintal de ninguém: bastidores da vida de um economista brasileiro no FMI e nos BRICS e outros textos sobre nacionalismo e nosso complexo de vira-lata. A segunda edição, atualizada e ampliada, começou a circular em março de 2021.
Opinião

Falta pouco para o futuro – Por Jean Paul Prates

Por Jean Paul Prates
Jean Paul Prates é senador da República (PT) pelo Rio Grande do Norte e líder da Minoria no Senado. Como especialista no setor de petróleo e gás, atuou como consultor na formulação da Lei do Petróleo, de 1977.

Programação TV Fórum

9 de março

  • 6h30 Fórum Café
  • 11h30 Fórum Onze e Meia
  • 15h Fala, Rovai
  • 17h Jornal da Fórum
  • 20h Pauta Brasil

Receba nossas novidades por e-mail

Dia Internacional das Mulheres

Bancárias da Caixa: essenciais ao banco e ao Brasil

Nossa homenagem pelo esforço de vencerem preconceitos, enfrentarem inúmeros desafios em um mundo ainda hostil ao feminino e seguirem em frente na defesa do banco público e por um Brasil melhor.

Debates